Rabo de Galo, Meia de Seda, Cuba Libre, Hi-Fi, e Bebidinhas em Geral!

Um assunto que nunca me aprofundei muito no blog foi “drinks”! E esse é um tema maravilhoso para se falar! Quando planejamos um jantar ou um “get together“, pensamos em tudo: A lista de compras para o jantar, ingredientes, onde e como vamos servir… mas eu sinto que não temos o mesmo cuidado com o que vamos servir quanto a  bebidas. Optamos pelo mais fácil e básico, onde não temos erro, que é um bom vinho. Vinho combina bem com a grande maioria dos pratos… branco, tinto, seco, suave, Chardonnay, Pinot Grigio, Cabernet Sauvignon… não importa!
Ainda temos refrigerantes, sucos, água e cerveja… Na minha opinião, temos que igualmente nos prepararmos quanto as bebidas! Elas denotam sempre um carinho a mais. Por exemplo, eu não tomo refrigerante normal, somente diet ou zero. Não é maravilhoso saber que os anfitriões se preocuparam e compraram especialmente para mim? Isso é carinho!

Geralmente, em tempos modernos, é elegante que perguntemos aos nossos anfitriões se querem que levemos algo. Muitas vezes você vai ouvir um “não precisa”, mas leve mesmo assim! Leve algo que você vá beber e se possível algo para os donos da casa. É sempre uma delicadeza, um algo a mais.

Outra coisa que é muito importante: você não bebe álcool… seja criativo! Existe uma miríade de coquetéis sem álcool maravilhosos e criativos. E outra coisa: seja altruista! Tenha bebidinhas alcoólica para os convidados que gostem! Mesmo que você não curta, pense nos seus convidados!

Uma coisa eu acho que é muito interessante você fazer, é criar um “signature cocktail”. O que é isso? Algo que seja a sua cara, que todos que vão a sua casa peçam por ele. Tadeu é sem dúvida o mestre dos coquetéis. Esse menino inventa cada coisa doida, e ficam maravilhosos, não é, Ana Cebolla? Quando batia a síndrome de abstinência, ela dizia: “quero pizza do Vavo e drinks do Tadeu.
Ele inventou um que levava uvas, vodca, e Aquarius de uva. Sensacional!

Existem vários coquetéis que você pode preparar para seus convidados, porém um grande número deles requer vários ingredientes, os quais nem sempre os temos à mão.
Separei alguns dos meus favoritos que não são nada complicados e requerem ingredientes bem basicões, fáceis de serem achados nos mercados ou lojas de bebidas.

Orgasmo
Esse aprendi com um amigo meu na Bolívia, chamado Ricardo Cambruzzi. Ele inventou ou copiou a receita sei lá de onde. Sem dúvida, um dos melhores drinks que lá provei na minha vida! Leve, refrescante, docinho!
Em um copo alto, coloque gelo até a metade. Derrame Champagne ou ou algum espumante branco seco até um pouco mais da metade. Adicione suco de laranja até mais ou menos 2 centímetros da borda. Complete com licor de pêssego. Mexa levemente e está pronto!

Fuego
Esse era o meu preferido quando frequentava “La Roneria Havana Club”, um dos melhores bares que já fui na minha vida. O único lugar ao qual chegava e meu drink já estava me esperando, minhas músicas tocando e meu lugar reservado! Ah, bons tempos, não é, Ruth Melian?

Também em um copo alto e com gelo até a metade, coloque 2 doses de rum branco. Em seguida, adicione suco de abacaxi até mais ou menos 3 centímetros da borda. Complete com cerveja e mexa levemente. Trust me, funciona!!

Caipirinha sem Bagunça e Fácil
Essa era a que meu pai fazia.
Mais simples do que imaginam!
Em um copo baixo coloque açúcar a gosto (ou adoçante). Coloque bastante gelo. Esprema um ou dois limões sobre o gelo. Adicione cachaça de boa qualidade até a borda. Mexa com um palito. Decore com rodelas de limão. Aprecie com moderação!

Frozen Caipiroska
Esse inventei numa bela noite de verão e todos AMAM! Descobri meio que por acidente como preparar esse drink! Especial para o verão!
Em um copo de liquidificador coloque 2/3 de gelo. Adicione açúcar a gosto. Esprema 3 limões.  Adicione vodca de boa qualidade e bata ate a hélice girar em falso.
Sirva em copos de Martini, formando uma mini montanha. Ele vai começar a derreter e você pode ir bebendo o que vai derretendo nas bordas!

Screwdriver
O famoso “chave-de-fenda” é muito simples, e um dos meus favoritos!
Em um copo alto coloque bastante gelo. Adicione vodca até a metade, e complete com suco de laranha. Para finalizar, eu adiciono algumas gotinhas de Campari para quebrar um pouco o doce da laranja.

 

San Mateo
O principio é o mesmo do Chave–de-Fenda, só que em vez de você adicionar suco de laranja, você coloca suco de grapefruit. Chamam de Pomêlo, ou Toronja, nunca sei. É bem azedinho para é delicioso!

 

 

Pimm’s
Meus 3 meses na Inglaterra falam mais alto lembro de bebidas maravilhosas. Ah, Pimm’s! E a maneira como o preparam é nada menos que inusitada!
Em uma jarra, coloque bastante gelo, adicione uma medida de Pimm’s, a mesma medida de limonada, rodelas de laranja e pepino. Isso mesmo, PEPINO! AMO essa bebida!

 

Uma coisa que virou super cult aqui é fazer cubos de gelo com a água da conserva do pepino para servir com Whisky! Nunca tentei, mas confesso que fiquei “tentado” a provar!

Existe um sem fim de possibilidades. Ache a sua! Teste, crie seu “Signature Drink”. Isso é, se é que você já não tem um!
De qualquer maneira, seus amigos vao adorar!!!
Beijo grande e até a próxima!

SE BEBER NAO DIRIJA!

Leave a Reply